quarta-feira, 26 de julho de 2017

THE BEATLES - RUN FOR YOUR LIFE - SALVE SUA VIDA!

John desenvolveu “Run For Your Life” a partir da frase “I’d rather see you dead little girl than to see you with another man”, que aparece quase no fim do single de Elvis Presley de 1955 “Baby, Let’s Play House”. De fato, John se referia à música como “um blues antigo que Presley fez”, mas, na verdade, ela data de 1954 e foi escrita por um filho de pastor de 28 anos de Nashville chamado Arthur Gunter.
Gunter, por sua vez, tinha baseado sua música em um sucesso country de 1951 de Eddy Arnold, “I Want To Play House With You”, e a gravou no fim de 1954. Ela não foi um sucesso, mas chegou aos ouvidos de Presley, que a levou para o estúdio em 1955. Quando “Baby, Let’s Play House” alcançou o o número 10 na parade country da Billboard em 55, tornou-se a primeira gravação de Presley a chegar ao hit parade nos EUA. A canção de Gunter falava sobre devoção. Ele queria que a garota fosse morar com ele, e a frase que chamou a atenção de John era um indício da profundidade dos sentimentos dele por ela, não uma ameaça.
Mas, na boca de John John, as frases se tornam ameaçadoras. Se ele visse a garota com outra pessoa, era melhor ela correr, porque ele iria matá-la. Era outra fantasia de vingança aos moldes de “I’ll Cry Instead” e “You Can’t Do That”. O cantor explica seu comportamento dizendo que é “mau” e que nasceu com uma “mente ciumenta”. Termos que dão indícios de canções posteriores como “Jealous Guy” e “Crippled Inside”. A letra de Lennon segue dizendo que é melhor que ela que é melhor que ela fique calma, ou ele não sabe onde pode chegar. É melhor ela salvar sua vida, se puder, se esconder, enfiar a cabeça no chão, porque se ele a pegar com outro homem, será seu fim. Apesar de ter sido a primeira faixa gravada para Rubber Soul, John nunca gostou dela e sempre a citava como exemplo do seu pior trabalho. Ela foi escrita sob pressão, ele disse, logo, era uma “música descartável”.

8 comentários:

Cláudio Vida disse...

Uma musica muito simples realmente, que destoa das demais dentro do grande Album Rubber Soul.

Edu disse...

Pois eu não concordo não. Acho que fechou o álbum com chave de ouro e Lennon nunca estava satisfeito com o que fazia nem com o que cantava e nem com sua própria voz. Run For Your Life é um dos melhores rockões dos Beatles! O que destoa das demais dentro do grande Album Rubber Soul, é uma musiquinha fraquíssima como What Goes On. Sorry. Valeu pela participação!

Milla Magalhães disse...

Essa é uma das minhas preferidas.

Benilson Silva disse...

"Dona do meu coração", ouvi com Renato e seus Bleu Caps pela primeira vez no vinil 'um embalo com Renato...'. Me deixou parado. É mais ainda quando a ouvir na versão oficial com os quatro Caras. Até que a versão de Renato não ficou muito distante da oficial.
Album Rubber Soul, é dos que eu gosto mais. Início da transição.

Joelma disse...

John Lennon showing toda sua agressividade e ciúme. Eita homem ciumento. Cynthia que o diga

roque22 disse...

Rubber Soul,um ,otimo disco.A musica menos brilhante realmente eh What Goes On.

Valdir Junior disse...

Concordo contigo Edu. "Run For Your Life" é um rockão dos bons. Nem tudo que o John falava sobre suas musicas se deve levar a risca, vale muito o nosso próprio gosto.

Marcelennon disse...

Eu concordo com o Edu. E é uma das minhas favoritas desse álbum. "Run For Your Life" fecha Rubber Soul com chave de ouro!