quarta-feira, 24 de abril de 2013

RICHIE HAVENS - TRISTE DESPEDIDA


O cantor folk norte-americano Richie Havens, que em 1969 abriu o festival de Woodstock, morreu nesta segunda-feira aos 72 anos, vítima de ataque cardíaco, anunciou a família. Nascido em Brooklyn, Nova Iorque, em 1941, Richie Havens foi o primeiro músico a tocar no mítico festival de Woodstock, ao qual regressaria 40 anos depois para a edição comemorativa. A participação no festival, quando já tinha editado quatro álbuns, terá sido crucial para o seu percurso, tal como o próprio admitiu numa entrevista: "Tudo na minha vida, e na de muitos outros, está ligado a esse ‘comboio’". Para a empresa de agenciamento Roots, Richie Havens era dotado de "uma das mais reconhecíveis vozes da música popular". Mais de 40 anos depois de presença ininterrupta nos palcos, e por ter dado uma interpretação soul a muitos temas da música folk norte-americana, Richie Havens retirou-se em 2010, por razões de saúde, embora tenha feito actuações pontuais. No ano passado, o tema "Freedom", que gravou em 1972, integrou a banda sonora do filme "Django Libertado", de Quentin Tarantino. Nos anos mais recentes chegou a trabalhar com Peter Gabriel e Groove Armada e entrou no filme "I'm not there", de Todd Haynes, interpretando um tema de Bob Dylan. Além do Woodstock, o seu nome ficará ainda ligado a festivais como Glastonbury e The Isle of Wight. Em sua trajetória, Havens lançou ao todo 30 álbuns, como "Mixed Bag" (1967), "Something Else Again" (1968), "Richard P. Havens, 1983" (1969) e "Stonehenge" (1970). Seu último trabalho foi "Nobody Left To Crown", de 2008. Uma pena! Aúltima vez que Richie Havens tinha aparecido aqui foi no dia do seu aniversário, quando completou 72 anos. Confiram: http://obaudoedu.blogspot.com.br/2013/01/richie-havens-here-comes-sun-muito-bom.html

5 comentários:

João Carlos disse...

parece que notícias deste tipo começam a ficar corriqueiras em nossas vidas.Ele cantando HERE COMES THE SUN é um barato.Dizem que ele ficou tocando até o sol chegar,esta música em Woodstock."Sometimes I feel like a motherless child!". Adeus irmão!

Edu disse...

Negão sangue-bom. Siga em paz Richie Havens! Fizeste um bom trabalho!

Valdir Junior disse...

A Lista de obituários esta cada vez maior !!
Acho que estamos chegando ao fim de uma geração !!!

Nathan de Lima disse...

Quando escuto a palavra "Woodstock", muitos momentos me vem à cabeça e uma das principais lembranças é a desse cara dominando uma plateia inteira com a sua voz potente e um violão. Siga em Paz, Richie!

Luis da Silva disse...

Infelizmente toda vida um dia tem o seu fim, descanse em Richie havens.